Visita à Floresta Amazônica

Mosquitos, cobras peçonhentas, animais para todos os lados e índios despidos. Ao contrário do que muitos pensam, nada disso foi visto na minha belíssima viagem para a Amazônia, que é conhecida por muitos estrangeiros e por poucos que residem em nosso país.

A nossa aventura começou a bordo do navio Iberostar Grand Amazon, hotel flutuante que proporciona aos turistas muita aventura, segurança e conforto. A recepção por parte dos tripulantes é excepcional, além do maravilhoso menu oferecido no restaurante do navio. O entretenimento para os 4 dias de passeio nesta terra paradisíaca já estava garantido.

Iberostar Grand Amazon
Iberostar Grand Amazon

Observação de Jacarés, pesca de piranhas, visita a tribo indígena Kambeba,  excursões de lancha pelos lagos de Igapós e Igarapés e, ainda, a equipe de profissionais da Iberostar propõe atividades tais como: aulas de dança, shows musicais, festas temáticas sobre o folclore local e oficinas para criação de adereços indígenas.

sdc10372
Rio Solimões

Para o descanso e diversão dos turistas, o navio ainda oferece uma jacuzzi, duas piscinas, discotecas e algumas lojinhas de suvenir, com lembrancinhas para toda a família, mas com um precinho mais elevado.

Mas, afinal, quais atividades interessantes eu posso fazer na Amazônia?

Respondendo a pergunta de diversos leitores,  a floresta Amazônica, por si só, já é uma atração imperdível para todos os moradores deste planeta. Além de ser um lugar encantador, recheado de cultura e boas energias, a Amazônia oferece uma experiência extraordinária para aqueles que desejam aprofundar o conhecimento acerca deste lugar encantador, além de conhecer novas especies de animais e aprender a preservar essa preciosidade.

Entre as atividades que eu realizei, duas se destacaram por diversos motivos. A primeira foi a visita a tribo Kambeba, que se localiza às margens do Rio Cuieiras e a segunda foi a observação de jacarés.

Tribo Kambeba
Tribo Kambeba

Na visita a Tribo, o intuito do passeio é conhecer a tradição, como vivem, a história, o local e acompanhar as apresentações culturais feitas pelos índios. Além disso, os indígenas armaram uma pequena feira de exposição de produtos artesanais feitos pela tribo com adereços naturais encontrados na própria floresta.

Feira de Artesanato
Feira de Artesanato

A observação de jacarés foi uma das melhores experiências na Amazônia. Saímos do navio às 21h para “caçar” os temidos jacarés de 5 metros de comprimento. Quem acha que nós não achamos um deste tamanho, está muito enganado, na realidade, ficamos cara-a -cara com um de 6 METROS, isso mesmo!

Eles não se incomodam mais com a presença de humanos, só não podemos emitir nenhum som para não afasta-lós. Neste passeio conhecemos um pouco mais sobre os hábitos alimentares, comportamento, e o melhor: conseguimos capturar alguns filhotinhos e sentir como é a pele deles e como se comportam na presença de humanos. Claro que, logo após a aula sobre os jacarés, todos foram soltos no rio.

sdc10384
Observação dos Jacarés

Na noite do Jantar de Gala com o Capitão do Navio, fomos recebidos por personagens da tradicional Festa Folclórica de Parintins que apresentaram, através das músicas, a cultura amazonense. Me senti no próprio festival, que acontece anualmente no último fim de semana de junho, na cidade de Parintins, Amazonas.

O evento marca a disputa entre dois bois folclóricos, o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul. Durante três noites de apresentações, a festa explora temáticas regionais como lendas e rituais indígenas através de alegorias e encenações.

sdc10524
Apresentação Folclórica

Sem dúvidas, a Amazônia é um destino imperdível nos roteiros dos amantes de viagens. Vale a pena quebrar os paradigmas, a fim de conhecer a  maior floresta tropical do mundo.

 

 



Booking.com

Sobre o autor

Raquel Alice

Publicitária e, atualmente, cursa Especialização em Comunicação Digital e Mídias Sociais. Amante incondicional de viagens e novos destinos.